Municípios do Arco Verde receberão treinamento em gestão ambiental

Os 43 municípios que fazem parte da operação Arco Verde/Terra Legal receberão capacitação em gestão ambiental por um período de 18 meses. Há dois meses o projeto tem sido discutido entre os integrantes do Fundo Nacional do Meio Ambiente e o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). A proposta, aprovada pelos conselheiros, foi assinada na ultima semana de maio em Brasília, pelo diretor-geral do Sipam, Rogério Guedes, o diretor de Produtos, Wougran Galvão, e pela presidente do Fundo Nacional do Meio Ambiente, Ana Beatriz de Oliveira.

O Sipam receberá aproximadamente R$ 4 milhões para executar o Programa de Fortalecimento da Gestão Ambiental dos Municípios da Operação Arco Verde/Terra Legal, promovendo a capacitação em gestão ambiental nos 43 municípios do Arco Verde. Esse treinamento será realizado em cinco módulos (vantagem econômica da floresta, planejamento territorial, institucionalização da gestão ambiental, plano municipal de combate ao desmatamento e oficina de projetos), além de oferecer assistência técnica.

 “Essa parceria com o Sipam é extremamente importante para fortalecer a gestão territorial dos municípios do Arco Verde”, ressaltou o secretário-adjunto substituto do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Volney Zanardi Júnior, representando a ministra Izabela Teixeira. O diretor Rogério Guedes afirmou a necessidade de alternativas sustentáveis para a Amazônia.
“Precisamos fortalecer esses municípios com ações estruturantes. Vamos acompanhar esse projeto passo-a-passo contando com estrutura que dispomos nos Centros Regionais de Porto Velho, Manaus e Belém”, ressaltou Guedes aos conselheiros do Fundo. Também lembrou que a proposta do Sipam de incluir os 43 municípios no Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital, instalando telecentros, já passou na primeira fase.

Segundo coordenador-geral de Operações do Sipam, Fernando Campagnoli, que também participou da solenidade de assinatura do convênio, serão 129 pessoas que participarão das capacitações. “Cada município poderá indicar dois técnicos e um será da sociedade civil”, explicou.

Lista de Municípios Municípios que serão beneficiados com o convênio
1 Lábrea (AM)
2 Alta Floresta Alta  (MT)
3 Aripuanã (MT)
4 Brasnorte (MT)
5 Colniza (MT)
6 Confresa (MT)
7 Cotriguaçú (MT)
8 Feliz Natal (MT)
9 Gaúcha do Norte (MT)
10 Juara (MT)
11 Juína (MT)
12 Marcelândia (MT)
13 Nova Bandeirantes (MT)
14 Nova Maringá (MT)
15 Nova Ubiratã (MT)
16 Paranaíta (MT)
17 Peixoto de Azevedo (MT)
18 Porto dos Gaúchos (MT)
19 Querência (MT)
20 São Félix do Araguaia (MT)
21 Vila Rica (MT)
22 Amarante do Maranhão  (MA)
23 Altamira (PA)
24 Brasil Novo (PA)
25 Cumaru do Norte (PA)
26 Dom Eliseu (PA)
27 Itupiranga (PA)
28 Novo Progresso (PA)
29 Marabá (PA)
30 Novo Repartimento (PA)
31 Pacajá (PA)
32 Paragominas  (PA)
33 Rondon do Pará  (PA)
34 Santa Maria das Barreiras (PA)
35 Santana do Araguaia  (PA)
36 São Félix do Xingú  (PA)
37 Tailândia  (PA)
38 Ulianópolis (PA)
39 Machadinho D’Oeste  (RO)
40 Nova Mamoré  (RO)
41 Pimenta Bueno (RO)
42 Porto Velho (RO)
43 Mucajaí (RR)

(Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Sipam)
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará