Desmatamento é identificado e combatido em Juruti

Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no final de março, apuraram denúncias de desmatamento na Gleba Curumucuri, em Juruti, no Baixo Amazonas. A Associação das Comunidades da Gleba Curumucuri e a Associação das Comunidades da Região de Juruti apresentaram a denúncia.
 
A área desmatada está localizada à 156 km de Santarém. “O grupo dos desmatadores é composto por pessoas de outros municípios e até mesmo de outros estados, principalmente da região sul do país”, garantem moradores do local.
 
Durante a fiscalização foi constatado que o desmatamento na gleba está bem avançado. De acordo com técnicos da Sema, há indícios da retirada das árvores desde abril de 2009, e a extração ilegal da madeira permanece ativa. A denúncia indica ainda que os responsáveis pela atuação ilegal têm ameaçado e expulsado os moradores da área.
 
Entre as maiores preocupações dos residentes dessa área está a possibilidade de serem expulsos de suas terras, já que a Gleba de Curumucuri ainda passa pelo ordenamento territorial.
 
Os moradores acreditam que os responsáveis pelo desmatamento pretendem especular o terreno para depois vender a empresas mineradoras, pois alegam que existem possibilidades dessas terras possuírem minério de bauxita.
 
 
Ascom Sema – 3184 3332
 
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará