Educação ambiental fortalece os municípios

Os municípios de Bujaru e Cumaru do Norte tiveram, em março, capacitação de professores da rede municipal e orientações sobre a inclusão da educação ambiental nos currículos escolares. Algumas cidades do Baixo Amazonas participaram de palestras de educação ambiental. Essa atuação busca o fortalecimento e implementação da política estadual de Meio Ambiente e das diretrizes do Programa Estadual de Educação Ambiental (Peam) no Estado.

Palestras, oficinas e cursos , nos diversos municípios do Pará, estão entre os principais interesses da Coordenação de Educação Ambiental (Ceam), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Reuniões mensais são realizadas para efetivar deliberações e determinar cronogramas.

As ações fazem parte de uma meta estabelecida pela Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (Ciea), em coordenação compartilhada entre a Sema e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), e composta por instituições que têm foco no meio ambiente.

A assistente social Eloísa Maciel, da Sema, defende o repasse dos conhecimentos desde os bancos escolares. “A educação ambiental é a base de tudo, é prioritária, não pode vir depois de uma ação e sim antes. Assim, fica bem mais fácil sensibilizar a comunidade para que ela participe ativamente de nossa programação”, complementa.

Existe uma Ciea no Marajó, no município de Portel e estão previstas mais cinco sedes no Pará ainda este ano. A comissão atua junto às prefeituras para mobilizar e articular os municípios para que repassem conhecimento e implantem a educação ambiental. “Promovemos a descentralização para que os municípios se tornem autônomos e possam instituir suas próprias Cieas”, explicou a socióloga Doraci Lopes.

Daniela Silva, pedagoga da Sema, vê com entusiasmo o reconhecimento da educação ambiental com a ampliação do diálogo nas várias diretorias da Sema. “Hoje estabelecemos parcerias com outras diretorias da Sema para que o trabalho seja global, em todas as esferas. Tiramos o rótulo de ação repressiva e imprimimos o de prioritária”, definiu a pedagoga.

A Sema firmou parceria, em março, com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com assinatura da “Carta de Intenções” da Gestão de Resíduos Sólidos e Inclusão Social e recebeu convite da Fundação da Criança e do Adolescente do Pará (Funcap), para debater com outras secretarias a respeito do Plano de Atendimento Socioeducativo do Estado do Pará.

Estão previstas para o mês de abril, entre os dias 6 e 9, oficinas de Educação Ambiental, no município de Peixe-Boi, em parceria com a  Diretoria de Recursos Hídricos (Direh) da Sema e nos dias 8, 18, 19, 20 e 21, na Região Metropolitana de Belém.

Ascom Sema
(91)3184-3332

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará