Denúncia de crime ambiental foi comprovada pela Sema em Acará

 Denúncia de cortes rasos na colheita do palmito, extraído do caule da palmeira do açaí, levou a equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) com apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), nesta terça-feira, 19, para conferir a veracidade da acusação protocolada no dia 14, deste mês, no município do Acará, à 51 km de Belém, de barco.

A caminho do local indicado na denúncia, fiscais da Sema avistaram sacas de carvão empilhadas às margens do Rio Laranjas na Comunidade ribeirinha de Burajuba, no Acará. Em flagrante foram lavrados dois autos de infração pela apreensão de 95 sacas de carvão e de 20 metros cúbicos de madeira branca. O valor estimado da multa é de 6 mil reais.
 
O líder da comunidade ribeirinha, José Domingos Batista, ficou como fiel depositário do material apreendido e a Sema estipula prazo de 15 dias para a defesa do proprietário. Caso não seja apresentada a defesa ou não haja comprovação da legalidade do produto, o material apreendido será encaminhado à área da Pirelli, em Marituba, para doação e leilão do carvão e da madeira. 
 
Crime ambiental – na área de várzea do igarapé Laranjeira, fiscais da Sema confirmaram a existência de crime ambiental no local apontado na denúncia. Além da extração ilegal do palmito foram apreendidos cinco animais silvestres, quatro periquitos e um curió, na residência do infrator.  
 
No local foram lavrados dois autos de infração, por destruição de quatro hectares em área de preservação permanente (APP) e por captura e prisão de espécies da fauna silvestre sem licença do órgão ambiental.
 
A Sema firmou com a prefeitura de Acará Termo de Cooperação Técnico para dar apoio à implantação do Sistema Municipal de Meio Ambiente, para que o município possa exercer a gestão ambiental com plenos poderes para combater as atividades potencialmente poluidoras e degradadoras de impacto local.  
 
 
Ascom Sema  
(91)3184-3332
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará