Ato inter-religioso marca a integração natalina dos servidores da Sema

Integrar todos os servidores em uma grande celebração de Natal, com respeito às mais variadas crenças. Este foi o intuito maior do ato ecumênico realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) nesta última quarta-feira (23), na sede do órgão estadual.

A iniciativa partiu da coordenadoria de Gestão de Pessoas e da gerência de Treinamento e Desenvolvimento (GTD), lideradas por Edielen Lopes e Regina Magno, com a colaboração da servidora Telma Lúcia Araújo, lotada na Gerência de Projetos e Serviços.

O diretor de Gestão Administrativa e Financeira da Sema (Dgaf), Getúlio Bicudo, classificou o evento como “de grande importância, pois a integração das diversas crenças é essencial para desenvolver a tolerância entre as pessoas”.

As quatro religiões que estiverem representadas no culto ecumênico – afro-brasileira, kardecista, protestante e católica – demonstraram a união das crenças neste momento de congraçamento do Natal.

Pai Taiandô, representante da matriz africana, conclamou os servidores ao exercício da tolerância, principalmente religiosa: “amar o próximo, que comunga da mesma crença que você é fácil, o difícil é convencer as pessoas a aceitar o diferente. É preciso fazer uma transformação dentro do coração e não banalizar o Natal como uma data comercial e sim o momento de dialogar e entender o outro. Só assim será possível despontar o verdadeiro espírito de comunhão, que é o do Natal”, refletiu o religioso.

Pai Taiandô, representante da matriz africana

Reflexão também foi pedida pela representante da União Espírita Paraense, Raquel Almeida. Ela citou Gandhi e demonstrou que embora o mundo esteja em turbulência, é possível atingir a paz no coração por meio da consciência tranqüila. “É preciso abolir de nosso vocabulário três verbos: reclamar, criticar e lamentar. Aí está o prenúncio do Natal”.

Raquel Almeida, representante da União Espírita Paraense

O pastor da Igreja Batista, Josimar Souza, leu um versículo do apóstolo Lucas e depois explicou que Natal é o momento de materializar o amor que as pessoas tanto precisam “Jesus morreu pelo seu povo, para salvá-lo, mas no momento o que vemos no mundo é corrupção e individualismo, valores contrários aos que Jesus pregava, temos que resgatar a essência do Natal que, em síntese, é o nascimento de Jesus”, arrematou.

Pastor Josimar Souza da Igreja Batista

Servidor da Sema, lotado na Diretoria de Planejamento Ambiental (Diplam), Pedro Paulo Ferreira, falou em nome dos católicos: “ nós, católicos, acreditamos que o Natal é uma festa em família e aqui, somos todos uma família, pois passamos tanto tempo juntos que é impossível não criar laços. Esta festa é para nós, servidores, para que tenhamos mais um ano feliz”.

“Resolvemos fazer esse ato ecumênico para integrar o servidor e também para prestar contas do nosso Natal Solidário, em Algodoal, que foi um sucesso. Agora é o momento de celebrar o ano que passamos juntos e esperar que em 2010 seja de muita garra e força”, acrescentou a coordenadora de Gestão de Pessoas, da Sema, Edielen Lopes.

Os servidores que compõem o coral entoaram o cântico “Noite Feliz” e foram acompanhados por todos os participantes do evento. Em seguida, teve início uma festinha com bolo, doces e salgados.

Ascom/Sema

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará