Belém celebra Dia da Amazônia no Mangal das Garças

Turismo sustentável, educação ambiental e mecanismos de combate ao desmatamento e degradação das matas e dos rios, serão temas de atividades propostas para o público.

A Lei nº 11.621, de 19 de dezembro de 2007, institui e no Brasil o dia 05 de setembro como data que celebraria a região amazônica, a maior floresta tropical do planeta. O objetivo do dia, mais que festejar é o de dar atenção aos temas socioambientais que circundam a Amazônia.

Focados nisso, Organização Social Pará 2000 e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Belém realizam o Dia da Amazônia no Mangal das Garças, neste sábado (05/08), das 9 horas às 14 horas. A programação também é promovida pela Secretaria de Estado de Cultura e Governo do Pará.

A partir das 9 horas, o projeto “Galera Jogo Limpo” vai promover atividades sobre a preservação do meio ambiente. Palestras, apresentação de peças teatrais e brincadeiras ludo-educativas vão atuar na conscientização de crianças, jovens e adultos para a necessidade de uso sustentável da floresta.

A idéia é despertar a sociedade para uma celebração da Amazônia que ponha em pauta temas como turismo sustentável, educação ambiental e mecanismos de combate ao desmatamento e degradação das matas e dos rios.

A Amazônia totaliza dois quintos da América do Sul e metade do território brasileiro. Abrange as unidades federativas do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e parte dos estados do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.

Além de extensa, a floresta reúne diversidade única de minerais, espécies vegetais e animais. Outra riqueza é o quinto das reservas de água doce do mundo que ela guarda nos rios. O ecossistema amazônico é considerado auto-sustentável, ou seja, é capaz de se manter com seus próprios recursos.

Nada mais justo, então, que celebrar o dia da Amazônia no Mangal das Garças, parque ambiental construído para representar parte da floresta. Nele, além do aningal e de outras vegetações que são típicas da região, podem ser vistas mais de 35 espécies de aves todas doadas pelo IBAMA, após apreensões de cativeiros ilegais.

Fonte: Ascom/Mangal das Garças

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará