União Européia quer conhecer dinâmicas econômica e ambiental do Pará

O estado do Pará foi escolhido pela presidência da União Européia, atualmente sob o comando da Suécia, para receber uma visita protocolar dos embaixadores no Brasil dos países que integram esse bloco geopolítico, que querem compreender a dinâmica econômica da região e conhecer as ações do governo para ordenar o uso dos recursos naturais assim como atividades da iniciativa privada que combinem a produção com a sustentabilidade.

A proposta foi apresentada à governadora Ana Júlia Carepa nesta quarta-feira (5), pela embaixadora da Suécia no Brasil, Annika Markovic, que disse que a visita da delegação de embaixadores deverá ocorrer no final do mês de outubro. O evento será realizado com o apoio da Presidência da República, por meio da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE). A embaixadora estava acompanhada do assessor especial da SAE, Sérgio Gusmão.

A delegação deverá permanecer um dia em Belém, quando pretende conhecer o trabalho de algumas instituições e as ações do governo voltadas para o desenvolvimento sustentável. Outros municípios a serem visitados devem ser Marabá e Santarém, onde pretendem conhecer experiências exitosas, produzidas em bases sustentáveis. Markovic diz que a impressão do europeu médio é de que na floresta amazônica não existe pessoas, só mata.

Logística – Markovic acredita que essa visita vai ajudar a desmistificar essa imagem e a promover oportunidades que possam ser desenvolvidas por meio de acordos bi-laterais, com base na realidade da região. Um tema de interesse da União Européia é o mercado de crédito de carbono. Outros estados da Amazônia deverão ser visitados em datas futuras.

A governadora Ana Júlia Carepa demonstrou à embaixadora os investimentos em logística que estão sendo feitos no Pará, como a hidrovia Araguaia/Tocantins, a pavimentação da BR 163 e da BR 230, a implantação dos Distritos Industriais e outros. Relacionou ainda o esforço do governo para promover o ordenamento territorial e a regularização ambiental a fim de dar segurança jurídica aos investidores e dessa forma promover a verdadeira economia verde tão exigida pelo mercado.

A organização da visita conta com o apoio do governo do estado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedect).

 

Ivonete Motta – Secom

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará