Relatório sobre desmatamento evitado já está na internet

Já está disponível na internet o relatório com os encaminhamentos do seminário "Perspectivas e potencial de aplicação do mecanismo de Redução de Emissão de Gases do Efeito Estufa por Desmatamento e Degradação Florestal (REDD) no Estado do Pará". 

Com mais de 70 páginas, o documento apresenta o relato das apresentações de pesquisadores, representantes de governo e de organizações não governamentais (ONG) que participaram do evento técnico. 

Entre os encaminhamentos, os organizadores destacam a importância do governo estadual criar um conjunto de instrumentos, parcerias e iniciativas voltadas à implementação de projetos pilotos em parceria com as populações locais, incluindo as indígenas e de pequenos produtores; assim como ao aprofundamento das pesquisas científicas para que sejam esclarecidas as indefinições técnicas relacionadas ao monitoramento e cálculo do carbono estocado e à criação de mecanismos justos de pagamento pelo desmatamento evitado. 

Além disso, uma comissão estadual deve ser criada para traçar as estratégias do Estado, definir o arranjo institucional que deverá dar apoio às iniciativas relacionadas e discutir um programa estadual de ações com diferentes setores da sociedade. 

Seminário – Realizado em março deste ano, pela parceria entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), o Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp), o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Universidade do Estado do Pará (Uepa) e a ONG The Nature Conservancy (TNC), o evento resultou da necessidade de inserir o Estado do Pará nas discussões relacionadas à negociação de créditos do carbono estocado pelas florestas e o solo, a partir da redução ou renúncia ao desmatamento.

 Tais debates também foram realizados nos estados do Amazonas e Mato Grosso, e devem entrar na pauta internacional da 14ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a ser realizada em Copenhagen (Dinamarca) no final deste ano. 

Endereços – Os interessados podem conferir o relatório nas páginas da Sema e do Museu Goeldi, pelos respectivos endereços: www.sema.pa.gov.br e/ou www.museu-goeldi.br.

Brenda Taketa – Idesp

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará