Vazamento de Caulim – Nota à Imprensa

Sema confirma vazamento de caulim em Barcarena

 A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio da Gerência de Áreas Degradadas (Gerad), confirmou, nesta segunda-feira (04), o vazamento de cerca de 3m³ de caulim (equivalente a 3.000 litros), no último sábado (02), por volta de 11h, na empresa Imerys Rio Capim Caulim, no Distrito Industrial de Barcarena, a 22 km de Belém.

A denúncia partiu da comunidade de “Nova Jerusalém”, ainda no sábado.  À tarde, a Sema e policiais da Delegacia de Meio Ambiente estiveram no local para os levantamentos de campo. 

O gerente de Áreas Degradadas, engenheiro Célio Costa, declarou que “área interna atingida é pequena, mas é preciso aguardar o resultado do laudo pericial, feito no domingo (03) para qualquer avaliação responsável”, insistiu.

A Sema esclareceu ainda que as medidas de contenção previstas na legislação ambiental em vigor no país foram tomadas pelas equipes da Imerys, logo após o vazamento, para evitar qualquer ampliação da área afetada, circunscrita à propriedade da empresa, e que não atingiu, pelo menos nas observações feitas no domingo, qualquer corpo hídrico do entorno da fábrica.

O auto de infração, lavrado pela equipe técnica da Sema, será entregue nesta terça-feira (5), em virtude de que no dia da visita à sede da fábrica, não foi encontrado, no local, alguém devidamente habilitado, como manda a lei, a receber o documento.

ASCOM-SEMA

Contato: 31843332

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará