Poluição no rio Murucupi – Nota à Imprensa III

Sobre o provável vazamento de “lama residual de bauxita”, ocorrido nesta segunda-feira (27), na fábrica da Alunorte, no município de Barcarena, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) informa:

1) Só haverá nova manifestação oficial do órgão ambiental, por meio de nova Nota à Imprensa, após o retorno a Belém da equipe técnica da gerência de Áreas Degradadas (Gerad) que se encontra desde esta terça-feira (28), no município de Barcarena, vistoriando as instalações da referida indústria de beneficiamento e os locais de impacto;

2) A Sema ainda informa que a manifestação final sobre as causas do vazamento pelo órgão ambiental só será possível com a conclusão do relatório preliminar a partir dos que estão sendo coletados pela equipe técnica em campo;

3) Além da Sema, a equipe técnica do estado que vistoria e monitora as áreas de impacto é formada pela Delegacia de Meio  Ambiente (Dema) e Instituto de Perícias Técnicas “Renato Chaves”;

4) Informações da equipe a Sema, esta manhã, dão conta de que já foram detectados dois tipos de produtos químicos no igarapé Murucupi, arsênio e soda cáustica.

Ascom/Sema 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará