Poluição no rio Murucupi – Nota à Imprensa II

Técnicos investigam denúncia de poluição no rio Mucurupi

Técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), da Delegacia de Meio Ambiente (Dema) e do Instituto de Perícias Científicas "Renato Chaves" foram na tarde desta terça-feira (28) para o município de Barcarena, verificar a veracidade da denúncia, feita por moradores do município, de que o rio Murucupi teria sido atingido por rejeitos da fábrica de alumínio Alunorte. Segundo a denúncia, a água do rio teria mudado de cor e a população havia encontrado peixes mortos.

Pela manhã, em contato com a Sema, a Alunorte garantiu ter enviado funcionários à área próxima ao rio, que não observaram "nenhuma alteração ambiental". Já a Secretaria de Meio Ambiente de Barcarena informou à secretaria estadual que há "alterações na cor da água do rio Mucurupi, provocadas, provavelmente, por lama residual de bauxita".

Texto: Ascom/Sema

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará