Sema ministrará palestras sobre educação ambiental

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), que participou da operação de fechamento de 13 madeireiras em Nova Esperança do Piriá, leste do estado, nesta quarta-feira (08), vai ministrar palestras sobre educação ambiental a professores e diretores de escolas do município.

Um grupo de técnicos da Sema permanece em Nova Esperança para cumprir a segunda etapa da Operação “Caapora”, deslanchada de forma fulminante contra madeireiros que derrubavam a floresta dentro da reserva indígena do Alto Rio Guamá, localizada a 40 quilômetros da sede do referido município.

Segundo o Coordenador de Fiscalização da Sema, Bruno Versiani, “o pessoal da educação ambiental da secretaria vai passar conceitos básicos sobre fisiologia, hidrologia, climatologia, a história da ocupação da floresta Amazônica e legislação ambiental”, assegurou Versiani.

A preocupação com a dura realidade social da área onde operavam as 13 madeireiras ilegais, que é a principal atividade econômica de Nova Esperança do Piriá, levou o governo do Estado a garantir a “distribuição de cestas básicas, em curtíssimo prazo, aos trabalhadores desempregados das serrarias”, explicou Versiani.

Para ter direito ao benefício das cestas básicas, os trabalhadores serão cadastrados pelo governo. “Além dessas alternativas, estão sendo estudadas o emprego dos antigos trabalhadores das serrarias na agricultura familiar e nos Planos de Manejos Comunitários.

Outra esperança para a população do município foi a descoberta de uma jazida de bauxita (minério do alumínio) naquela região. O futuro empreendimento poderá contribuir com empregos que assegurem todos os direitos que a lei trabalhista brasileira dispõe.

Texto: Douglas Dinelli–ASCOM/SEMA

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará