Inventário Florestal Mamuru-Arapiuns começa a ser executado em abril

Em cerca de quatro meses estará pronto o inventário florestal do conjunto de glebas estaduais Mamuru-Arapiuns, no oeste paraense. Esse é o prazo dado à empresa Seat, vencedora do pregão realizado pelo Serviço Florestal Brasileiro para a realização dos trabalhos que serão iniciados em abril. A ação faz parte do acordo firmado entre o Serviço Florestal Brasileiro e o Instituto de Desenvolvimento Florestal – Ideflor. A parceria prevê ainda oficinas de capacitação e apoio aos órgãos estaduais. 

A empresa terá que inventariar a composição, estrutura e capacidade produtiva das áreas, tanto para produtos madeireiros como não-madeireiros. Segundo o diretor de Gestão de Florestas Públicas do Ideflor, Marlon Menezes, o inventário amostral é um dos estudos necessários para a elaboração do RAP – Relatório Ambiental Preliminar, requisito essencial para o licenciamento prévio à concessão florestal. 

Além do inventário ainda são necessários outros estudos como o de fauna, sócio-ambiental e o de oferta e demanda de produtos florestais. “O Ideflor vai acompanhar e monitorar a empresa que vai fazer o inventário. O resultado dos estudos será apresentado dentro do edital de licitação das áreas para que as empresas candidatas a unidades de manejo tenham conhecimento das espécies florestais que ocorrem na área”, fala Menezes. 

Por Flávia Ribeiro / Ideflor

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará