Seminário discute consciência ambiental

O Pará é o Estado que mais desmatou a Amazônia nos últimos anos e é o responsável por mais de 52% de área degradada na região. Os dados foram divulgados pela mais recente pesquisa do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). 

Na tentativa de diminuir esses índices e no intuito de socializar conhecimentos ecológica e politicamente corretos, a Universidade do Estado do Pará (Uepa), por meio do grupo de pesquisa Sociedade, Ciência e Ideologia (Socid), juntamente com o curso de especialização em Sociologia e Educação Ambiental, sedia, de 21 a 23 de janeiro, o I Seminário Estadual Sociedade e Meio Ambiente, que tem como principal objetivo contribuir para a construção de uma sociedade amazônica baseada nos conceitos do desenvolvimento sustentável. 

Por meio de palestras, mesas-redondas e oficinas, o encontro busca discutir criticamente as questões relacionadas à sociedade e à educação ambiental, com a finalidade de possibilitar à comunidade universitária e à sociedade amazônica uma reflexão crítica a respeito da degradação ambiental pela qual a região vem passando nas últimas décadas. 

"Este é um primeiro seminário de outros que virão, que buscaremos discutir criticamente questões relacionadas à sociedade e à educação ambiental, sobre a problemática da degradação ambiental, buscando contribuir no processo de uma consciência ampliada para construção de uma Amazônia desenvolvida e socialmente sustentável", afirmou a professora Josevett Miranda, coordenadora do evento. 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até a manhã do primeiro dia do evento, no Bloco III na COAD no CCSE/Uepa, localizado na travessa Djalma Dutra entre as ruas do Una e Municipalidade. 

Ascom – Uepa

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará