SEMA retoma leilão da madeira ilegal de Tailândia

 

 

LEILÃO

 

SEMA retoma leilão da madeira ilegal de Tailândia

 

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) já está com edital na praça para a realização de dois leilões de madeiras ilegais, apreendidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), que foram adiados por falta de interessados no último mês de setembro.

 

Um dos leilões será realizado no dia 27 deste mês na área do antigo Parque da Pirelli, em Marituba, às 10h, com três lotes de madeira. O primeiro lote, de madeira em tora, tem 641,578 metros cúbicos. O segundo, 537,687 metros cúbicos, tamém de tora. O terceiro é de madeira serrada com 71,726 m3, com um total de 1.250,991 metros cúbicos.

 

O lance mínimo, estabelecido pela comissão de leilões da Sema, ficou em R$ 100,00 por metro cúbico. Entre as espécies da floresta amazônica classificadas, estão o ipê, cupiuba, maçaranduba e angelim. Para mais informações, os interessados devem consultar o edital no endereço www.sema.pa.gov.br e www.compraspara.pa.gov.br

 

Tailândia – A Sema também vai realizar no dia 30 de outubro o leilão da primeira parte da madeira ilegal apreendida pelo IBAMA, Polícia Federal e Força Nacional nas operações “Arco de Fogo” e “Guardiões da Amazônia”, parceria entre os governos federal e estadual, que apreendeu mais de 30 mil metros cúbicos de madeira no Município de Tailândia, nordeste paraense, em fevereiro deste ano.

 

São 2.555,637 metros cúbicos de várias espécies com lance mínimo inicial estabelecido em R$ 100,00 pela Comissão de Leilão da SEMA. Em Tailândia serão cinco lotes, sendo quatro deles de madeira em tora.

 

O leilão vai acontecer na área da empresa Agropalma, no km 127 da rodovia PA-150, às 10h. Informações também nos endereços www.sema.pa.gov.br e www.compraspara.pa.gov.br

 

A verba arrecadada com os leilões administrativos está sendo empregada no reaparelhamento da SEMA, nas as missões de combate ao desmatamento em Unidades de Conservação e terás públicas, monitoramento e fiscalização das operações da campo.

 

Texto: Douglas Dinelli – SEMA

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará