Governo do Estado incentiva recuperação de áreas degradadas

Semear dentro das comunidades conhecimentos técnicos para recuperar áreas de florestas devastadas no Pará e garantir o uso de seus recursos com sustentabilidade é o que busca o Governo do Estado, que finaliza nesta sexta-feira (3), a primeira fase do curso Multiplicadores em Coleta de Sementes e Produção de Mudas Florestais Nativas, realizado por meio do Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará – Ideflor em parceria com a Embrapa Amazônia Oriental e a Fundação de Apoio à Pesquisa, Extensão e Ensino em Ciências Agrárias – Funpea/Ufra.

 

Durante duas semanas, 38 técnicos oriundos de todas as regiões do Estado foram capacitados, por meio de aulas teóricas e práticas, na colheita de sementes e no cultivo de mudas de espécies arbóreas nativas da Amazônia. A missão deles, agora, é repassar o conhecimento adquirido às comunidades locais em sua região de atuação.

 

Jose Cristina Silva, de 27 anos, participou do curso e está ansiosa para ensinar aos moradores da Região das Ilhas, como preservar uma das principais atividades econômicas daquele local – a produção do açaí. Segundo ela, a extração do palmito, que implica na derrubada da árvore para a retirada do produto e, cuja prática se intensifica no período da entressafra do açaí, vem devastando áreas de cultivo da palmeira, sem a devida recomposição. “Eu moro na Ilha do Murutucum, onde residem cerca de 140 famílias. Mas, além das pessoas da minha ilha, eu pretendo atuar nas ilhas vizinhas também e já estou me organizando para repassar o conhecimento adquirido”, disse Jose. (Leia mais clicando no banner do site Movimento Pará no portal do Governo do Estado www.pa.gov.br ou acessando o endereço do site www.pa.gov.br/movimento-para).

 

Texto: Adriana Martins – Ideflor

 

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará