Secretaria de Meio Ambiente desinterdita praias de Barcarena

A Diretoria de Controle e Qualidade Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), desinterditou, por volta de 11h desta sexta-feira (13), as três praias do Município de Barcarena, dadas como impróprias para o banho há seis dias pela Sema, que constatou a péssima qualidade da água nas amostras coletadas para análises, onde se detectou, entre outras impurezas, metais pesados acima dos níveis tolerados pelo ser humano.A notícia da desinterdição, anunciada em uma reunião com lideranças comunitárias e comerciantes das áreas das praias nesta manhã, agradou aos comunitários. O Governo do Estado, por meio da Sema, tomou a decisão de evitar problemas de saúde pública ao proibir o uso das praias, temporariamente, até que o resultado das análises da água fosse conhecido.

Segundo o Diretor de Controle e Qualidade Ambiental da Sema, Marcelo Aiub, não há mais razão para continuar com a interdição. “Os elementos químicos detectados voltaram ao padrão de aceitabilidade técnica, e tudo indica que a fonte poluidora das águas tenha sido cortada”, diz ele referindo-se a algum fator que será averiguado pela “Operação Cabano” que pode ter interrompido o fluxo de efluentes industriais para as águas.

Os técnicos da Gerência de Áreas Degradadas da Sema se basearam nas análises do Laboratório Central (Lacen) da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) para levantar a interdição temporária, prevista para durar até que as autoridades se certificassem de que as pessoas que freqüentam as praias de Barcarena nos finais de semana não teriam nenhum risco à saúde delas. Segundo o farmacêutico e bioquímico do Lacen Eliomar Borralho, o Laboratório fará um monitoramento das praias, com coleta semanal das amostras.

A “Operação Cabano”, liderada pela Sema e deflagrada no Município de Barcarena no dia 03 deste mês, vai vistoriar novas empresas do Distrito Industrial para ver o cumprimento de normas ambientais vigentes no País, e checar se as recomendações de inspeções anteriores da secretaria estão sendo cumpridas. Nove empresas já foram autuadas pelos fiscais da Sema e cumprem, agora, a fase de apresentação de ampla defesa junto ao órgão ambiental estadual. A operação é por tempo indeterminado.

 Douglas Dinelli – Sema

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará