Sistemas da Sema não sofreram invasões externas

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio de seu setor de Tecnologia da Informação, esclarece que não foi detectada nenhuma invasão externa aos sistemas do órgão, notadamente à área de gestão florestal, tais como o Simlam, Sisflora e Ceprof, de ampla utilização pelos usuários externos desses sistemas.

O assessor Flávio Macedo de Andrade explica que o sistema de detecção de intrusão utilizado pela Sectam, o G-Buster Administration Kit, não registrou invasão na rede local, sejam por máquinas de endereçamento IP desconhecido ou por acesso remoto com a utilização de notebooks. Macedo acrescenta que os sistemas da Sectam são protegidos por dois firewall’s em zonas distintas e qualquer tentativa de invasão externa seria detectada imediatamente.

Para evitar riscos, os acessos remotos com utilização de notebooks são bloqueados na rede do órgão, sendo que o mesmo só é possível através de um registro físico na placa do equipamento, cuja identificação é única e universal, além de serem protegidos com criptografia de 128 bits. A ferramenta de detecção de intruso utilizada pela Sectam é apontada como uma das modernas do mercado. A tecnologia foi desenvolvida no Brasil, mas a linguagem do programa (algoritmos) foi criada em Israel.

A inserção de crédito  para exploração madeireira ou de carvão somente pode ser feita em planos de manejo liberados pelo Ibama, para as áreas federais, ou pela Sectam, em áreas estaduais ou particulares. Para evitar fraudes no sistema, os saldos de créditos oriundos do Ibama, quando da transferência de competência para a Sema, só foram lançados no novo sistema, o Sisflora, a partir de extrato que comprovou  sua existência.Os produtos que vêm guiados de outros estados sejam pelo sistema de Documento de Origem Florestal (DOF) ou Guia Florestal (GF), passam por uma rigorosa inspeção quando ingressam no Pará, o que é feito por meio de parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefa). Todo esse esforço e investimento visa evitar fraudes no sistema de gestão florestal e garantir transparência nos atos e na competência da Sema.

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará